Share |

Ação social: Bloco propõe gabinetes de apoio a seniores nas Juntas de Freguesia

A população sénior precisa do apoio da comunidade em que se insere e vive. Esse apoio pode manifestar-se de várias formas desde os apoios sociais à simples informação de cariz cívico. Uns e outros, mobilizam contra a pobreza e o isolamento e combatem a exclusão.

O Bloco de Esquerda considera que não basta afirmar que os seniores têm direitos; é preciso veicular essa informação até à população mais carenciada e desprotegida e tomar providências para que as palavras se transformem de ideais em coisas palpáveis.

O Bloco apresentará nas diversas Assembleias de Freguesia onde tem representação uma proposta para a criação de gabinetes de apoio aos seniores. O partido quer ver reforçados os serviços públicos disponibilizados pela Juntas de Freguesia relativos ao apoio à população sénior.

Este gabinete pretende prestar esclarecimentos e encaminhar os seniores para o usufruto das medidas e políticas que vão sendo criadas em seu favor. Por exemplo, a questão dos transportes (preços e redes disponíveis) e mobilidade (transportes por razões de saúde); a oferta em termos recreativos e culturais. O gabinete também deve recolher sugestões para melhorias diversas: transportes, adaptação das ruas, jardins e espaços públicos às necessidades específicas dos seniores. E não só recolher sugestões, mas reclamações para situações que podem estar a escapar à vigilância e intervenção da autarquia: os casos de isolamento extremo, os cuidados (ou a falta deles) nos lares, as carências nas suas próprias habitações ou a denúncia para casos de violência doméstica.