Assembleia Municipal

Novembro 26, 2013 11:52 AM

Assembleia Municipal de Aveiro: órgão máximo da democracia com democracia mínima. É este o modelo de Ribau Esteves e Nogueira Leite para Aveiro. Não é uma questão de forma, é uma questão de escolha. Quem impõe um modelo económico que transfere riqueza da esfera do trabalho para a esfera da finança necessita de reduzir a intensidade da democracia, do escrutínio popular e as possibilidades de intervenção e fiscalização das oposições. Esta é a sua segunad medida depois de a primeira ter sido o aumento de impostos.

Maio 16, 2013 09:10 AM

Ivar Corceiro, 41 anos, técnico audiovisual, actualmente desempregado, é o primeiro candidato do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal de Aveiro nas eleições autárquicas em 2013. É desde 2009 lider da bancada municipal do Bloco que conta com dois eleitos.

Abril 16, 2013 09:32 AM

BE propõe na Assembleia municipal de Aveiro a anulação do processo para a concessão a privados do serviço de autocarros da MoveAveiro.

Janeiro 14, 2013 10:58 AM

A autarquia vendeu o terreno por 1,2 milhões de euros ao Beira-Mar, sendo que minutos depois o clube o revendeu por 2,4 milhões a uma imobiliária. A venda do terreno resultou em prejuízo financeiro e social para o município. O BE entende que o negócio deve ser anulado, uma vez que os seus pressupostos, nomeadamente o pagamento, não se concretizaram.

Setembro 11, 2018 09:44 AM

O Bloco de Esquerda agendou dois pontos para a próxima Assembleia Municipal, um referente à descentralização e outro com medidas garantísticas do bem-estar animal, num total de sete propostas.

Opinião

A Extrema-Direita retira das populações os instintos mais básicos relacionados com a suposta auto preservação: o “Eu primeiro que o Outro” (“Nós versus Eles”), como se existisse uma permanente luta pela sobrevivência, onde a empatia passa para segundo plano, com a falsa assunção de que as nossas necessidades mais básicas estão sempre em risco – manipulação através do medo. Até mesmo populações mais esclarecidas podem ceder perante esta luta ilusória, onde os media assumem um importante papel, noticiando hipotéticas fontes de ameaça (os exemplos mais presentes são os refugiados), recorrendo ao sensacionalismo como forma de obter audiências.

Segundo um recente estudo da DECO, um em cada três trabalhadores está em risco de "burnout". Contra factos não há argumentos. Da realidade é impossível fugir. Cá temos o tão famoso trabalho escravo. Defendido com unhas e dentes, como se de emprego se tratasse, pelos fanáticos cães de fila, dos algozes que esmagam o presente e roubam o futuro das populações.